super glamorosas

Isto é uma espécie de bar de NY, ultra sofisticado, nós todas a cair de lindas e elegantes! Só para quem gosta muito da Cláudia e, ao mesmo tempo, tem capacidade para brincar com as coisas sérias que estão a acontecer. Para ver quem tem os Manolos + giros, para debater quem usa a cor de verniz mais estonteante, e até, quem sabe, para podermos dizer umas coisas + a sério!

Wednesday, January 09, 2008

A REMAR e o Desperdício

Comecei por mandar um mail a bastantes amigos meus relatando este caso que se passou comigo. A resposta de um deles relatava uma situação idêntica que tinha acontecido com ele. Por isso, e porque os blogues servem para alertar as pessoas que os visitam.... aqui vai:
«Havia duas camas individuais e um colchão e almofadas grandes (que transformavam uma delas em sofá) na arrecadação do meu predio e chamou-se a Remar, numa de dar coisas a quem as pode aproveitar.
Erro crasso! As coisas estavam em boas condições, só precisavam de ser limpas. E até eram engraçadas.... A Remar não as quis, dizendo que não limpam nem arranjam coisas para as colocar na loja deles.
Pela parte que me toca nunca mais darei nada à Remar, nem organizações com o mesmo fim, optando antes pelos Emauz e outras de características semelhantes, que lutam contra o desperdicio e não consideram uma obrigação colectiva patrocinar a recuperação de quem quer que seja. Lembrando uma frase do pai de uma amiga minha - Quem quer bolota trepa! - E esta Remar sabe pedir nas ruas, já fui interpelada várias vezes, e sabe fazer mudanças e outros trabalhos. Mas, quer bolotas do «prêt-a-porter»!

53 Comments:

At 9/1/08 1:55 PM, Blogger IsaLenca said...

Infelizmente é verdade! Todos os anos, quando quero dar roupa (e dou imensa) tento contactar algumas instituições: a ABRAÇO, a Sra. que me atendeu ao telefone, muito Tia, disse que não tinham hipótese de ir buscar a roupa, que eu é que tinha de ir lá levar - a carrinha deles estava a arranjar e não sabiam quando ficava pronta. Ora bem- era um caixote enorme. Não íam lá buscar... nem arranjaram alternativa. Assim acabei por as dar à Fundação CEBI, que as expediu para África.
Outra coisa que me fez uma espécie- e já veio em várias notícias e fui confirmar- há umas caixas metálicas, na rua, para colocar roupas e sapatos que se pretende dar. E não é que essa organização tem pelo menos um loja de venda de roupas usadas na Av. de Roma? O que consideram não ser próprio para a loja deitam simplesmente para o lixo!! E afinal as roupas que vendem na loja até nem são baratas? Grande negócio que arranjaram!
Anadamos nós a querer dar o que pode e deve ser usado por quem realmente precisam e ou são esquesitos ou ainda ganham dinheiro em proveito próprio com isso!! Granda lata!

 
At 9/1/08 2:48 PM, Anonymous MARILU said...

HÁ POIS É (BÉ BÉ) OLHA SABES O MELHOR QUANDO QUISERES DAR OBSERVA À TUA VOLTA À SEMPRE QUEM PRECISE E NINGUEM REPARA NELES AO MENOS ASSIM SABES A QUEM DÁS...

 
At 9/1/08 3:03 PM, Blogger cristina j, said...

Eu, normalmente, dou roupas, brinquedos, livros, etc. na Igreja aqui da minha zona.
Também, aquando da mudança de casa, dei loiça e outros utensilios de cozinha e decoração. Há uma semana, mais ou menos, vi uma sra., jovem mãe, com um bébé na cadeirinha que tinha sido do meu filho (e que tinha a particularidade de ter um tecido com um estampado invulgar e de ter ficado sem o apoio dos pés, embora estivesse ainda nova)...fiquei super-feliz, afinal nem sempre sabemos qual o destino que dão ao que nós doamos.
Por aqui também existem esses recipientes de que fala a Isalenca, mas eu nunca depositei lá nada.
Mas, sei que muitas vezes, a primeira triagem é feita logo aquando da entrada dos sacos, e fica com algumas empregadas da mesericórdia(mal feito!),o que as impede de chegar aos mais necessitados...a mim, resta-me a satisfação de ter feito algo!

Agora, também, convenhamos, que há muitas pessoas que não pensam como nós, ou seja, tudo serve para dar, mesmo em estado lastimável ( não estou a dizer que seja o caso, agora), isto porque, não sabem como fazer para despachar os monos...

A REMAR, vem pedir, porta a porta, donativos, aqui na minha zona, pelo menos 3 vezes por ano...e aí sim, eu não sou muito apologista de dar nada.

E já agora, uma quota parte do que é enviado para África, nunca chega ao destinatário correcto, logo no aeroporto é desviado para o mercado negro...

Nada, nunca, funciona com a clareza de intenção de ajuda com que nós damos o que temos, o que é uma pena!

 
At 9/1/08 3:05 PM, Blogger Manela prima said...

No caso de móveis e afins penso que o melhor são mesmo os Emaúz. Agora o Banco Alimentar também passou a receber estas coisas. Agora os gajos da Remar não me apanham noutras....
Não gostei da atitude nem do argumentário

 
At 9/1/08 3:08 PM, Blogger Manela prima said...

Essa história de África é verdade mas tem a ver, em primeiro lugar, com os governos corruptos desses países. Eu acho que vale a pena ajudar mesmo que só chegue 40% da ajuda aos africanos! é a maneira de funcionar daquele continente. Por exemplo o José Eduardo dos Santos e família têm uma fortuna colossal - o homem era um simples engenheiro quando foi para presidente de Angola - e o povo vive miseravelmente num país que é riquissimo. O que é que se conclui disto??

 
At 9/1/08 3:20 PM, Blogger cristina j, said...

Mas eu concordo...nem que chegue apenas 20% já é fazer alguma coisa!
Não fazer nada é que não ajuda, certamente...

E também concordo com o facto de os governos facilitarem e até integrarem essas atitudes...o que me indigna, é que a solidariedade pronta e sincera não seja toda aproveitada para o fim a que se destina, e sim, para, neste caso, enriquecer mais ainda todos os outros.

A AMI manda sempre alguém para "controlar" mais ou menos a coisa no aeroporto, mas mesmo assim, tem a real consciência de que uma parte será sempre desviada...então se falarmos de medicamentos ainda se torna mais sério o desvio.

 
At 9/1/08 4:14 PM, Blogger Manela prima said...

Não é só isso... desalfandegar, armazenar, transportar.... tudo tem as suas regras próprias em África, por muito que isso nos custe e irrite. E olha que eu já estive em terras onde o Judas perdeu as botas

 
At 9/1/08 5:01 PM, Anonymous De Bizet said...

Ontem tb recebi um mail, que não tem nada com o assunto em questão mas tb aborda um questão interessante.Passou na Sic no " Nós por cá". Quem quiser eu posso envia-lo .( a Isa de Beja, a Imel a Nela tem o meu mail) e estao à vontade para o dar a vocês.

Qt ao assunto em questão eu já sabia há mt tempo.

É de lamentar mas temos de andar sp de pé atrás e às vezes com organizações que tomamos por sérias.

Bjs.
Carmen

 
At 9/1/08 5:33 PM, Anonymous pittbull said...

Epá, oh Kromo, sempre é melhor isto que calendários com gajas gordas ou velhos a cantar.

E assim, a gente fica a perceber alguma coisa de alfândegas, só gostava era que a Manela Prima dissesse como é que o Judas perdeu as botas, se ele sempre foi visto com umas sandálias de couro!?

 
At 9/1/08 6:02 PM, Blogger Mimas said...

Pittbull sarnento e pulgoso, calendários com gajas gordas?!

Pois eu também dou tudo para uma Paróquia mas a minha segunda escolha porque na primeira disseram-me que não tinham tempo para separar e distribuir a roupa...

Mas eu hoje estou muito contente porque conheci a Loulou, um encanto de pessoa!

Bjs a tds, Mimas.

 
At 9/1/08 6:05 PM, Blogger IsaLenca said...

Evidentemente que existem locais onde sabemos que damos e são bem utilizadas : igrejas e hospitais (por altura do Natal dou sempre roupitas de bebé- nem imaginam o nº de bebés que lá são deixados quando nascem, e então se estiverem doentes ainda é pior!). Tudo o que seja para África toca-me- sou Angolana, ainda lá tenho um tio, sei como são estas politiquices e importações à maneira dos africanos , como diz a Manela prima, mas realmante nem que chegue apenas 20% já é alguma coisa.

Kromo e Pitbull- acho que não faz mal nenhum de vez em quando fazermos estes alertas e considerações. Ou querem apenas falar de raças de cães, carcaças falsas e outros afins?
Ok- atirem lá a primeira pulga fashion para nós comentarmos!
Nã! Se calhar gostavam era de receber uma roupita ou mobília e já toparam que daqui não vão levar nada!

 
At 9/1/08 6:51 PM, Anonymous Anonymous said...

No meu comentário anterior não perguntei o que era Emauz e onde ficava pq pensava que através do Google saberia a resposta.
Não encontrei nada.
Podem elucidar-me?
Obrigada.
Carmen.

 
At 9/1/08 7:31 PM, Anonymous pittbull said...

Kromo, a Isalenca chamou-nos carcaças velhas?!

Na volta tá danada com o comentário que fiz ao calendário, ou então ficou ofendida por você dizer, sorrateiramente, que as galinhas até têm alguns míolos...

 
At 9/1/08 9:12 PM, Blogger cristina j, said...

Carmen, julgo que é "EMAÚS".

É uma associação, que tem loja, onde se podem vender coisas que já não queremos, possiveis de serem recontruidas ou recuperadas.

A particularidade, é que quem as recupera são os sem-abrigo,e pessoas necessitadas, que depois podem ficar com elas...

Pittbull, gorda é a sua tia!
E chamaram-lhe foi carcaça falsa, não carcaça velha (mas deve ser, já me parece decrépito!).

Mimas, sei como deves estar contente...beijinho grande.

 
At 10/1/08 11:46 AM, Blogger IsaLenca said...

Olá Bom Dia

Acabei de ler um artigo ternurento e muito especial na revista Sábado- passe a publicidade.
"Como eu venci o cancro- a luta de quatro crianças contra a doença- passaram por quimioterapia, radioterapia e operações. Usaram máscaras, raparam o cabelo e brincaram com objectos desinfectados. Têm entre 7 e 15 anos, ultrapassaram linfomas, leucemias e outras formas de tumor. Hoje são saudáveis e têm uma vida normal".

Acho que vale a pena ler.
Bjs.

 
At 10/1/08 2:16 PM, Blogger cristina j, said...

Isalenca, eu nem vou pensar em ler... são situações que me deixam de rastos!!!

Não consigo conviver com essas experiências, são do mais violento que a vida pode reservar a alguém...muito mais do que tudo o que temos falado aqui durante estes meses...acredita.

Bjinhos a todas e queremos noticias.

 
At 10/1/08 2:25 PM, Anonymous marilu said...

Cristina queres noticias para alegrar um bocadinho, vai ao qum não tem cão e vê se conheces as minhas princesas... beijinhos.

 
At 10/1/08 3:37 PM, Anonymous pittbull said...

Oiça lá Marilu, não percebi, as sua princesas não têm cão ou moram numa rua com esse nome?

 
At 10/1/08 4:05 PM, Blogger Manela prima said...

EMAÚS é uma associação de ajuda aos sem-abrigos. Tem uma loja onde vendem coisas que lhes são dadas - e eles recuperam - no Porto. Em Lisboa tem uma instalação algures na periferia
E aproveitam tudo, ao contrário de outros mais esquisitos
Este movimento é internacional e foi fundado por Abbé Pierre
(Contactos 919829496 e 936509280, penso que são estes mas....)

 
At 10/1/08 4:12 PM, Anonymous De Bizet said...

Cristina J.
Obridado, com a tua ajuda já encontrei.
Por vezes temos associações relativamente" perto de casa " e nem sabenos.
Beijinho.
Carmen.

 
At 10/1/08 4:13 PM, Anonymous pittbull said...

Nada mau, já passei de sarnento a menino.E Manela Prima, não fale em chuva que isso pode trazer azar para o fim de semana.

Kromo, onde é que se meteu?

 
At 10/1/08 4:32 PM, Blogger isa said...

olá. por aqui é igual, se não considerarem bom, para vender nem levam...

 
At 10/1/08 5:42 PM, Anonymous kromo said...

Chien, bull-dog, sentiu a minha falta?!! Ip,ip, urra! Dê cá mais cinco, homem!

 
At 10/1/08 5:57 PM, Anonymous raposa matreira said...

Oh Kromo, coitadito do sarnento, não vê que ele só pode "dar mais quatro"!!!

 
At 10/1/08 6:10 PM, Anonymous pittbull said...

"Oh Kromo coitadito"...raposa maluca!

Gostei de chien, é fixe, dá com o «prêt-a-porter» (coisa esquisita) das galinhas.

 
At 11/1/08 9:42 AM, Blogger IsaLenca said...

Leucemia: Assinatura de Protocolo visa melhorar prática clínica no combate às doenças hemato-oncológicas em Portugal
Lisboa, 11 Jan (Lusa) - A Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) assina hoje um protocolo com a Fundação Calouste Gulbenkian para melhorar a prática clínica no combate às doenças hemato-oncológicas em Portugal.

O protocolo para a Formação Clínica Avançada no domínio das doenças hemato-oncológicas vai ser assinado hoje em Lisboa, numa cerimónia presidida pelo ministro da Saúde, António Correia de Campos.

Ao abrigo deste programa dois especialistas portugueses já estão a fazer formação avançada em Investigação Clínica no 'Johns Hopkins Hospital', nos Estados Unidos.

Durante a cerimónia de assinatura serão ainda anunciados os resultados da campanha para o Registo Nacional de Dadores de Medula Óssea, cujo número ultrapassa já os 100 mil (em 2002 não chegava aos 2.000 dadores).

A par do protocolo, será também celebrado um acordo de investigação científica na área das células mesenquimentosas entre a APCL e o Instituto de Biotecnologia e Bioengenharia do Instituto Superior Técnico, o IPO de Lisboa, Centro de Lsotransplante de Lisboa e a José de Mello Saúde.

Este projecto é uma experiência pioneira em termos europeus e tem por objectivo optimizar os resultados em transplantes de medula óssea, método utilizado no tratamento de doenças como a leucemia.

A assinatura do Protocolo decorre às 17:00 na sede da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

 
At 11/1/08 9:55 AM, Blogger cristina j, said...

Que seja mais um passo em frente, para a cura...

mas eu também venho dizer uma coisa:

Meninas, a Loulou faz hoje aninhos!

Ah pois, é, a nossa Rainha Africana está de parabéns...

Que conte muitos anos de felicidade na sua ainda "jovem" vida.
Tudo de bom para ti Loulou.

Bjinhos

 
At 11/1/08 10:11 AM, Blogger IsaLenca said...

Mais uma vez parabéns para a Loulou- já lá está no post dela!
Bjs. e bom fim-de-semana e até logo... mas não digo onde nem com quem:)

 
At 11/1/08 11:10 AM, Blogger Loulou said...

Meninas, obrigada pelos parabéns.

SG, portem-se bem hoje, suas malucas :-)

Beijocas grandes

 
At 11/1/08 3:51 PM, Anonymous kromo said...

Chien, sabe onde vão as doidas das galinhas hoje?

 
At 11/1/08 3:57 PM, Anonymous pittbull said...

Kromo, já viu que estas galinhas andam sempre na boa vai ela?!

Devem ser todas umas solteironas,mal encaradas...

Parabéns á aniversariante, que faça muitos

 
At 11/1/08 3:59 PM, Anonymous pittbull said...

Sei lá eu!!!

Mas olhe que gostava de saber...deve ser uma coisa fantástica...de não ser vista!

 
At 11/1/08 5:38 PM, Anonymous o flautista magico said...

O que voces querem sei eu...

 
At 11/1/08 9:22 PM, Anonymous De Bizet said...

Hoje tb faz aninhos um menino mt meu amigo e muito fofinho.
E eu sou a avó babada!
Um bom fim de semana a todos.
C.

 
At 14/1/08 3:20 PM, Anonymous Chien said...

E as galinhas, ainda não se recompuseram do encontro?
é o que dá, encontros destes, secretos.

 
At 14/1/08 4:36 PM, Blogger cristina j, said...

Minhas meninas,

Hoje é dia de mandar beijinhos especiais á Aida e á Carmo.

A primeira, foi fazer tratamento de radioterapia. Esperamos que esteja tudo dentro dos conformes com as queimaduras que o mesmo possa provocar (mas não vai!!!).

A segunda, que também foi fazer o seu 2º tratamento de quimio.
Desejamos que a alentejaninha não sinta muito os efeitos desagradáveis que por vezes se sentem...

A todas beijokas

 
At 14/1/08 6:07 PM, Blogger Loulou said...

SGs, não têm nada para contar?!! ai, ai, queremos saber tudo, tudinho!

Beijocas

 
At 14/1/08 6:08 PM, Anonymous Chien said...

Acha Kromo?
Eu tenho para mim, que elas não aguentavam tanto, nem os desgraçados!

Olhe, mas deve ter sido coisa forte, ainda não vieram cá.
Só a Pata, e foi muito rápida nos cumprimentos.
E você deixe-se de mandar bejinhos e parabéns, isso não é coisa de macho.

 
At 15/1/08 1:18 PM, Anonymous chien said...

é a mesma coisa! tá a ficar como as galinhas, um choramingas.

 
At 15/1/08 1:41 PM, Blogger IsaLenca said...

Uma notícia incrível, mas que muitos de nos já sabem que acontece, sempre aconteceu:
Cancro: é quase impossível marcar exames
Associação de luta contra o cancro do intestino alerta para sobrelotação dos centros de radiologia

A associação de luta contra o cancro do intestino alertou esta terça-feira para a dificuldade de marcar exames de diagnóstico no Serviço Nacional de Saúde na área da Grande Lisboa, devido à sobrelotação dos centros de radiologia, escreve a Lusa.
«Muitas das pessoas que contactam a nossa linha de apoio queixam-se de que não conseguem efectuar colonoscopias pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), invocando que os centros de radiologia não conseguem fazer as marcações», contou à agência Lusa Vítor Neves, presidente da Europacolon Portugal.
Alguns médicos da zona da Grande Lisboa já confirmaram estas dificuldades na marcação de exames, mas a associação vai tentar investigar quais as causas deste problema.
«Preocupa-nos muito que uma pessoa a quem o médico transmite que deve fazer uma colonoscopia não o possa concretizar. É angustiante», comentou o responsável, adiantando que muitas pessoas acabam por ter de realizar o exame fora do SNS.
30 chamadas telefónicas
Desde que foi criada, há quase dois meses, a linha telefónica de apoio a doentes do cancro do intestino recebeu cerca de 300 chamadas, a grande maioria das quais da zona sul do país.
Mais de 60 por cento das pessoas que têm recorrido ao 808 200 199, que funciona das 14:00 às 20:00 com custo de chamada local, pretendem ter informação sobre a sintomatologia do cancro colo-rectal.
Aliás, segundo os dados da associação, mais de metade da população portuguesa não reconhece nenhum dos sintomas do cancro do colo e do recto como estando ligados à doença.
Entre os sintomas estão alterações permanentes dos hábitos intestinais (diarreia ou prisão de ventre), fezes muito escuras ou perda de sangue nas fezes e dor forte ou desconforto abdominal sem explicação.
Homens e mulheres com mais de 50 anos e pessoas com casos de cancro colo-rectal na família directa devem realizar colonoscopias.
Os dados dos quase dois meses de funcionamento da linha telefónica indicam que 16 por cento das chamadas se destinam a pedir informações sobre os locais de rastreio, 10 por cento para apoio psicológico a doentes e sete por cento sobre informações jurídicas.

E isto acontece com os mais variados exames.
Em Dezembro tinha de fazer um exame aos ossos das mãos - em Lisboa há apenas 2 locais com acordos no Estado - IME com electromiograma - se marcasse via Estado só lá para Agosto é que tinha consulta, marcando pelo privado ...marcaram-me para 7 de Janeiro (está feito). Demorou apenas 10 minutos, esperei outros 5/7 minutos e saí de lá logo com o relatório médico do exame. (pela Caixa tinha de esperar 2 semanas)!!
TAC pulmonar - demorava uma a 2 semanas para marcar e 3 semanas para receber os resultados!!
Não se admite! Não se admite!
Quantas pessoas não têm dinheiro para fazer determinados exames no Privado!
Agora vi esta notícia... Isto dá-me cá umas revoltas no estômago!!

 
At 15/1/08 2:14 PM, Blogger cristina j, said...

E sabem porque se agravou esta história dos exames com credênciais da Seg Social?!

Porque o estado, limitou o plafond de comparticipação em exames médicos, para com as clinicas que aceitavam doentes vindos através da Seg.Social...ou seja, até para exames mais simples, se torna dificil fazer uma marcação: ou demora meses, ou então já se esgotou o plafond e não se fazem, a não ser pelo particular.

As clinicas não podem exceder um determinado nº de exames, correndo o risco de não lhe ser paga a parte que cabe ao estado...

Penso que no futuro os seguros de saúde são a única alternativa possivel...mas não chega á bolsa de todos, nem lá perto.

E também eu fico com os figados revoltados!!!!!

 
At 15/1/08 2:18 PM, Blogger IsaLenca said...

E os seguros também têm limites- são bons mas tudo depende de atingirmos, ou não o plafond (o meu felizmente até paga uma parte das taxas moderadoras!!). E se fizermos ou precisarmos de muitos exames... acabou o Plafond!

Mimas!!!

 
At 15/1/08 2:29 PM, Blogger cristina j, said...

Sim, tem mais essa agravante...

E depois vem-se dizer que a saúde é para todos.

Nem quero entrar muito neste diálogo, que até fico exaltada!

 
At 15/1/08 3:28 PM, Blogger isa said...

olá glamorosas..um beijinho aqui do alentejo

 
At 16/1/08 11:21 AM, Anonymous MARILU said...

Cristina e Isalenca, estão revoltadas e teem muita razão, também eu sinto essa revolta a minha filha quando descobriu o que tinha em Novembro mandaram esperar até Junho do próximo ano mas em Dezembro a evolução foi tanta que em Março foi operada no privado, ainda hoje não fez recuperação, está na lista de espera á quatro anos!!!!! foi operada à seis mas ´sÓ porque foi no privado o instututo de oncologia não ACEITA no Santa Maria não teve ainda vaga era uma jovem de 29 anos tem 35 é revoltante eu tinha de gritar tamb~´em esta mágoa mas é o país que temos ...beijinhos e muita saúde é o que desejo a todas...

 
At 16/1/08 9:52 PM, Anonymous De Bizet said...

Obrigado Kromo.
Um beijinho para ti.
Carmen.

 
At 17/1/08 6:00 PM, Anonymous chien said...

Kromo pegando no titulo deste texto, acho que o galinheiro "remou" para outras paragens.

Que pena, eu já gostava de aqui andar!

 
At 17/1/08 7:34 PM, Blogger Mimas said...

People, ando com pouco tempo para comentar mas tenho vindo sempre saber das nossa meninas.

Por isso, em vez de comentar individualmente em cada blog, deixo aqui um beijo grande a todas elas e restantes bloguistas.

Mimas

 
At 17/1/08 11:34 PM, Blogger lucinda maria said...

È triste mas é uma realidade. Já nem sabemos a quem ajudar, por vezes somos mal recebidos ou não? Mas conta sempre a nossa boa vontade.Cinda (vontade de viver).

 
At 18/1/08 10:12 AM, Blogger IsaLenca said...

Aqui deixo mais uma notícias que pode interessar:
Cancro da mama: Maior investigadora mundial profere palestra no Porto
Porto, 17 Jan (Lusa) - A "mais proeminente" investigadora do Mundo na área do cancro da mama, Mina Bissell, vai intervir segunda-feira no Porto numa conferência sobre migração celular no cancro, anunciou hoje o Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC).

Mina Bissell, da Universidade de Berkeley, Estados Unidos, já foi apontada como candidata ao Prémio Nobel da medicina, pela importância das suas descobertas para avanços nas áreas da biologia e terapêutica do cancro da mama.

A conferência vai decorrer no Instituto de Patologia e Imunologia Molecular (Ipatimup) e serve como evento de lançamento da edição de 2008 do Programa Doutoral Graduado em Áreas de Biologia Básica e Aplicada (GABBA) da Universidade do Porto.

O evento, que será encerrado pela presidente da Fundação Champalimaud, Leonor Beleza, contará também com intervenções de Carlos Cordon Cardo, David Lyden, Erik Sahai, Fernando Schmitt e Sérgio Dias.

As sessões serão introduzidas por Manuel Sobrinho Simões e Maria de Sousa.

Bjs

 
At 18/1/08 11:37 AM, Blogger IsaLenca said...

Acabou de sair esta notícia que pode interessar a todas:

Saúde: Entidade Reguladora disponibiliza livro de reclamações on-line
Porto, 18 Jan (Lusa) - A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) anunciou hoje que já tem disponível, no seu portal, um "Livro de reclamações on-line", onde os utentes dos serviços de saúde poderão apresentar as suas queixas.

O novo portal da ERS, no sítio www.ers.pt , permite aos visitantes aceder a um formulário específico.

Segundo fonte da ERS, o "Livro de reclamações on-line" é um instrumento que vem trazer aos utentes dos serviços de saúde públicos, privados ou do sector social, a possibilidade de, com rapidez e eficácia, apresentarem as suas insatisfações".

O novo serviço está concebido de acordo com "as mais recentes normas de acessibilidade, conjugando a facilidade de consulta e de navegação com um design simples".

Segundo a fonte, respeita a resolução do Conselho de Ministros que estabelece as orientações relativas à acessibilidade pelos cidadãos com necessidade especiais aos sítios da Internet do Governo e dos serviços e organismos públicos da administração central.

Com a iniciativa, a ERS visa tornar mais eficiente e eficaz o contacto entre a entidade reguladora, os regulados e os utentes.

O novo portal foi desenvolvido em parceria com a Neoscopio, uma "spin-off" (empresa originária do meio académico) da Universidade do Porto dedicada à comercialização e desenvolvimento de soluções de software Open Source.

A Entidade Reguladora da Saúde é uma entidade de regulação e supervisão do sector da prestação de cuidados de saúde.

As suas atribuições desenvolvem-se em áreas fundamentais relativas ao direito de acesso universal e equitativo de todos ao serviço público de saúde.

Cabe-lhe zelar pelo respeito da liberdade de escolha nas unidades de saúde privadas, prevenindo e punindo as práticas de rejeição discriminatória ou infundada de pacientes e prevenir e combater as práticas de indução artificial da procura de cuidados de saúde.

A ERS deverá, em colaboração com a Autoridade da Concorrência, garantir a concorrência entre os prestadores de cuidados de saúde, considerando as especificidades associadas ao mercado da saúde, visando sempre defender os direitos e interesses legítimos dos utentes.

Constitui ainda atribuição da ERS a avaliação dos indicadores de qualidade dos cuidados de saúde prestados, bem como o acompanhamento do cumprimento das obrigações inerentes à acreditação dos estabelecimentos e serviços.

 
At 18/1/08 2:52 PM, Blogger IsaLenca said...

Mais uma notícia que interessa às que têm filhotas:

Cancro do colo do útero: 55 mil começam a ser vacinadas gratuitamente em Setembro, vacina por decidir

Lisboa, 18 Jan (Lusa) - Cinquenta e cinco mil raparigas de 13 anos começam em Setembro a ser vacinadas gratuitamente contra o vírus que causa o cancro do colo do útero, mas ainda se desconhece qual a vacina que será administrada.
A sub-directora-geral da Saúde, Graça Freitas, revelou à Lusa que o objectivo é coincidir o início da vacinação com o princípio do próximo ano lectivo, ou seja, em Setembro deste ano.
As primeiras 55 mil raparigas com 13 anos deverão começar a ser vacinadas nessa altura, estando para as mesmas prevista uma segunda dose entre um e dois meses depois e a última dose em Março ou Abril de 2009.
De acordo com as recomendações da Comissão Técnica de Vacinação e da Direcção Geral de Saúde, em 2008 serão vacinadas as raparigas nascidas em 1995, em 2009 as que nasceram em 1996 e em 2010 as jovens que nasceram em 1997.
Entre 2009 e 2011 está ainda previsto vacinar as raparigas que naquela altura tenham 17 anos.
Por decidir está qual a vacina que vai ser administrada, uma vez que actualmente são comercializadas duas marcas, embora uma delas seja mais abrangente do que a outra.
A escolha irá resultar do concurso internacional que está em curso e que terá em conta factores como a eficácia e o custo do produto.
A decisão de incluir a vacina contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV) no Plano Nacional de Vacinação foi anunciada há precisamente um mês.
Até ser administrada gratuitamente, a vacina tem de ser suportada financeiramente por quem optou pela sua toma, desde que, em Janeiro do ano passado, a primeira foi colocada à venda em Portugal.
A Gardasil custa 160 euros por cada um das três doses e previne o cancro do colo do útero e outras doenças provocadas pelo HPV, nomeadamente os seus quatro tipos de vírus mais cancerígenos: 06, 11, 16 e 18.
A Cervarix chegou ao mercado português a 15 de Outubro do ano passado e custa 433,23 euros.
A primeira é valente para quatro vírus e a segunda dirige-se a dois. As duas poderão causar uma redução de pelo menos 70 por cento no número de casos de cancro do colo do útero.
O cancro do colo do útero mata uma mulher por dia em Portugal, país da Europa com a mais alta incidência deste cancro, cuja principal causa é o vírus HPV, registando 900 novos casos por ano e mais de 300 casos mortais.

 
At 26/1/08 4:07 PM, Blogger De Bizet said...

Consegui!
Baralhei tudo, mas já dá , mm que tenha atamancado as coisas.
Quem não tem cão....
Bjs madrinha!
C.

 

Post a Comment

<< Home