super glamorosas

Isto é uma espécie de bar de NY, ultra sofisticado, nós todas a cair de lindas e elegantes! Só para quem gosta muito da Cláudia e, ao mesmo tempo, tem capacidade para brincar com as coisas sérias que estão a acontecer. Para ver quem tem os Manolos + giros, para debater quem usa a cor de verniz mais estonteante, e até, quem sabe, para podermos dizer umas coisas + a sério!

Tuesday, June 01, 2010

“Venha correr ou andar por uma boa causa”

Dê o seu testemunho: cancro da mama
Se tem dúvidas, comentários ou sugestões sobre a doença, tratamento ou rastreio, preencha este formulário. A sua experiência pode ajudar outros doentes.
in DECO PROTESTE
http://www.deco.proteste.pt/prevencao/de-o-seu-testemunho-cancro-da-mama-s601001.htm


Em Agenda:

Realiza-se no dia 13 de Junho, sábado, pelas 13:00, no Parque das Nações, em Lisboa, a 2ª corrida “Vencer o Cancro”.
O município de Alcobaça associa-se ao evento, disponibilizando um autocarro para os primeiros 50 munícipes que queiram participar no evento.
A corrida, cujo mote é “Venha correr ou andar por uma boa causa”, visa chamar a atenção do país para a doença e reverte a favor da obra da União Humanitária dos Doentes com Cancro. Informações no site. http://live.vencerocancro.com/

Uma boa notícia:

Cientistas norte-americanos dizem ter criado uma vacina que impediu o desenvolvimento do cancro de mama em ratos. In TV Net

Os testes em humanos serão feitos no próximo ano, no entanto os cientistas acreditam que os estudos podem durar pelo menos 10 anos. A vacina promete prevenir tumores e acabar com os já existentes. O alvo será mulheres com mais de 40 anos e que não estejam a amamentar.
A equipa que realizou o estudo publicado no jornal britânico "Nature Medicine" baseou-se em ratos com tendência genética para o desenvolvimento de cancro.
"Acreditamos que esta vacina uma dia venha a ser utilizada para prevenir o cancro da mama em mulheres adultas da mesma maneira que as vacinas venham prevenir muitas doenças da juventude", prevê Vincent Tuohy, do Instituto de Investigação Clínica de Cleveland

Um miminho:

E porque hoje é o Dia da Criança desejamos a todas um dia muito feliz!

“Ser criança é, também, ser o adulto que nunca esqueceu da criança que foi um dia. O adulto que consegue se reencontrar com a criança que ainda vive no seu íntimo e mais precioso território. Aquele pedaço que justifica todos os percalços e que dignifica todos os tropeços. A ingenuidade restaurada no dia-a-dia e que o transforma em herói, ao reler as histórias de sua própria vida, narradas pela criança que o abraça, nas entrelinhas de um tempo que permanece imutável porque sagrado. O tempo do princípio, da origem, da própria essência." Autor: desconhecido

4 Comments:

At 1/6/10 2:39 PM, Blogger Lina Querubim said...

Boa tarde,
na corrida não sei se posso ir com a familia cá tenho que aproveitar porque são só 15 dias :o( a vacina venha ela e peço a cada dia que descubram tratamento para estas doenças ranhosas!!!!!
O dia da Criança devia ser todos os dias do ano mas pela parte que me toca obrigado! :p

Beijokas para todas

 
At 1/6/10 3:27 PM, Blogger Cinda said...

Todos os dias são dias de todos nós. Acredita que eu vou ser sempre criança.
Beijocas.
Cinda

 
At 2/6/10 1:40 PM, Blogger IsaLenca said...

Anticorpos monoclonais e quimioterapia são promessa na luta contra o cancro in Portal Oncologia

Os primeiros testes com anticorpos monoclonais, combinados com as terapias já existentes, mostraram-se promissores no tratamento do cancro do pâncreas e da mama metastático.

Os resultados da investigação, conduzida pela Universidade da Pensilvânia, nos EUA, serão apresentados na reunião anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica, no dia 4 de Junho, avança o site Ciência Diária.

As experiências foram realizadas em dois tipos de estudo. No primeiro, pacientes com cancro da mama avançado foram submetidos a uma vacina, desenvolvida pela Penn.

O tratamento contém anticorpos aprovados pela FDA (Food and Drug Administration) – anti-CD25 mAb dacluzimab –, que desliga a função das células-T reguladoras no sistema imunológico, aumentando a eficácia da telomerase no combate ao tumor.

A abordagem mostrou efeitos prolongados e nenhuma toxicidade. Seis, de dez pacientes que receberam o tratamento, tiveram a doença estabilizada.

No segundo trabalho, anticorpos imunológicos reforçaram o tratamento padrão contra o cancro do pâncreas.

A associação do Penn CP-870,893 com quimioterapia, em pacientes que não tinham recebido nenhum tratamento anterior, mostrou-se promissora e sem toxicidade significativa. Três, das 21 pessoas tratadas, experimentaram regressão parcial do tumor, e em 11 a doença foi estabilizada, inclusive em condições de metástase.

No caso do cancro do pâncreas, os resultados são especialmente promissores, porque actualmente os tratamentos padrões não produzem resultados animadores. Quando ocorrem, duram apenas dois meses. A nova abordagem mostra que a resposta parece durar até aos seis meses.

 
At 2/6/10 9:35 PM, Blogger O Baú do Xekim said...

Olá Isa.

Passei pra lhe desjar um bom feriado.

Beijinhos.

 

Post a Comment

<< Home